Marketing de influência: tudo o que você precisa saber para aplicar essa estratégia

É quase impossível percorrer as mídias sociais sem ver alguma forma de marketing de influência. Para onde quer que você olhe, os influenciadores estão exibindo suas últimas refeições, roupas, marcas de maquiagem, e isso é apenas o começo.

De postagens tradicionais a stories cada vez mais populares e vídeos longos, os influenciadores estão sempre encontrando novas maneiras de serem patrocinados em suas plataformas favoritas.


Na prática, é importante observar que qualquer pessoa pode ser um influencer. Como John Maxwell diz: “Para ser um influenciador, é preciso amar as pessoas antes de tentar liderá-las”. Se você tem um seguidor, você tem influência. Ao receber uma curtida em suas postagens, você gera engajamento.

Então, vamos tirar um momento para compreender o conceito de marketing de influência e entender como as agências podem explorar esse tipo de estratégia.


E não se engane: pode parecer que o marketing de influenciadores se tornou popular recentemente. Na verdade, essa abordagem começou há 15 anos. PayPerPost, o primeiro mercado a pagar blogueiros por conteúdo de marca, foi lançado com bastante especulação. Como os blogs eram vistos principalmente como diários online, muitos especialistas estavam céticos de que adicionar publicidade ou patrocínios ao conteúdo seria realmente autêntico.

Aliás, esse é um desafio que os influenciadores de hoje ainda enfrentam, mas para aqueles que conseguem promover produtos ou serviços e parecerem reais e autênticos ao fazê-lo, há muitas recompensas a serem colhidas. Afinal, as pessoas querem comprar de outras pessoas. Então, quando encontram alguém de quem gostam, é mais provável que confiem em suas recomendações.

Então, o que é marketing de influência?

É definido como o foco das atividades de mercado em torno de indivíduos-chave que têm influência sobre potenciais compradores, em vez de visar o mercado como um todo. O aumento do uso de influenciadores de marca está entre as tendências mais impactantes no marketing de conteúdo.

O marketing de influência não é uma estratégia nova, mas está, sim, na moda entre as empresas B2C há algum tempo. No entanto, as organizações B2B estão reconhecendo o valor que uma pessoa externa e influente pode ter como parte de sua estratégia de marketing de conteúdo. Especialmente quando usado no contexto de sua estratégia de marketing de vídeo – pense no Instagram, YouTube, Snapchat, Periscope, Facebook.


Além disso, pelo menos 257 milhões de pessoas estão usando bloqueadores de anúncios em seus dispositivos, de acordo com pesquisa PageFair publicada em 2021. Esse número por si só indica porque conduzir uma divulgação cuidadosa de influenciadores é importante para abrir caminhos alternativos e, assim, alcançar clientes em potencial.

O escopo do marketing de influência inclui anúncios de afirmação e de produtos/serviços por influenciadores, indivíduos e organizações que têm um grau percebido de conscientização ou impacto social em seu campo.

Esse é um marketing para, com e por meio de influenciadores, que permite direcionar mensagens da marca para seus públicos-alvo.

O marketing de influência é semelhante ao marketing boca a boca, mas não depende apenas de recomendações específicas. Na prática, os influenciadores podem vir de uma ampla variedade de lugares. Qualquer indivíduo, grupo, marca ou lugar pode ser um influenciador.

Normalmente, o público engajado segue esses criadores de conteúdo. Anunciar com o suporte dos influencers, em diferentes plataformas de mídia social, permite que sua empresa amplie o escopo, melhore o reconhecimento da marca e gere novos leads para seu funil de vendas. Afinal, o marketing de influência permite alcançar as personas do seu negócio.

Você pode usar o marketing de influenciadores como uma ferramenta independente ou como um meio de melhorar suas outras campanhas de marketing.

Marketing de influência: o que os números revelam

Essa é uma ferramenta de marketing incrivelmente popular no momento e por um bom motivo: Nove em cada 10 marcas estão usando alguma forma de marketing de influência, segundo pesquisa Influencer Marketing Hub 2021.


A menos que você queira que seus clientes fiquem para trás, é hora de começar a explorar suas opções de marketing de influência. Não importa em que segmento as marcas atuam, com certeza haverá pelo menos um influenciador que atenda às suas necessidades. E não se preocupe se você encontrar apenas influenciadores menores em seu nicho, porque o ganho é certo. Conforme pesquisa Influencer Marketing Hub 2020: Gere um valor de mídia ganho equivalente a US$ 18 por US$ 1 gasto com marketing de influência


Se você deseja aumentar o reconhecimento das marcas dos seus clientes, incrementar o número de vendas ou realmente divulgar o nome das empresas no mundo de qualquer maneira possível, você precisa aproveitar o marketing de influência. Você não vê um valor de mídia como esse com outras táticas de marketing.


Contudo, o mais importante é abordar o marketing de influência de maneira estratégica, para que você o faça corretamente. Gerar esse tipo de equivalência de mídia conquistada só acontece se você estiver trabalhando com os influenciadores certos no nicho certo. Ou seja, é preciso que os influencers tenham fit com os valores e o propósito da sua marca.


Com o rápido desenvolvimento das mídias sociais e do marketing boca a boca, o marketing de influência se tornou cada vez mais popular para as marcas. Ao entender profundamente como essa abordagem funciona e os resultados alcançados com ela, você terá uma visão abrangente de um dos métodos de marketing mais populares para o futuro.


Os influenciadores oferecem às marcas uma maneira ideal de conhecer novos clientes, aumentar o reconhecimento da marca e as conversões por meio de seu conteúdo com alto potencial de engajamento e compartilhamentos ilimitados de seus fãs.

Ao escolher os influencers que têm fit com a marca e desenvolver uma estratégia eficaz de marketing de influenciadores, você poderá alavancar suas campanhas de marketing de mídia social para um nível diferente.


O marketing de influência retorna mais do que custa, desde que você veja seu potencial e colabore com os influenciadores certos em uma estratégia de marketing digital eficaz.


É fato: o marketing de influência veio para ficar e só vai crescer mais nos próximos anos. As marcas de diferentes segmentos podem realmente se beneficiar ao trabalhar com influenciadores, não importa qual seja o objetivo deles. Os influenciadores podem ajudá-lo a aumentar seus seguidores, fazer vendas ou simplesmente divulgar a empresa. Não importa o cenário, hoje é um ótimo dia para começar a criar estratégias de marketing de influência para os clientes da agência.



FONTE: Operand

1 visualização0 comentário